« HE:labs
HE:labs

Como Parei de Contar os Dias até Sexta

Postado por Roberto Morais em 08/05/2013

Após terminarmos de montar o nosso escritório e outras necessidades burocráticas, a Felloway completou em março seu primeiro mês de trabalho real, desenvolver nosso primeiro aplicativo para iPad, MixPrintPaint. Trabalhamos muito nele, para terminar e finalmente podermos sentir que existimos de verdade.

Durante esse tempo, uma coisa não me saia da cabeça. Eu parei de contar os dias até a sexta-feira.

Sendo sincero, eu não posso reclamar do meu antigo emprego. Trabalhava das 9 as 17h, de Segunda a Sexta em um bom ambiente de trabalho. Tinha um ótimo chefe, bastante liberdade em relação a minhas férias, folgas e modo de trabalhar, tinha um bom salário e morava bem perto da empresa. Mesmo assim, muitas vezes eu me pegava enfrentando um dia de cada vez, e contando os dias que faltavam até a sexta ou o próximo feriado. Acho que apesar de todas as coisas boas, ainda era um trabalho por definição, eu estava trocando meu tempo por dinheiro. Logo, eu queria que o tempo passasse rápido para ganhar minha recompensa. Eu me sentia como se estivesse vivendo minha vida usando as mesmas táticas que os alcoólatras usam para parar de beber.

Agora tudo é diferente. Eu não mais troco tempo por dinheiro. Hoje estou usando meu tempo para viver uma nova experiência, aprendendo novas coisas por minuto, e tentando criar algo que eu acredito. Eu trabalho mais horas por dia, honestamente, sinto que trabalho durante todo o tempo, até quando eu não deveria, mas é muito difícil parar quando você realmente quer fazer algo acontecer. É estressante algumas vezes e extremamente recompensador ao mesmo tempo. Ainda não ganhamos nenhum dinheiro, mas para mim, a maior mudança é que agora eu vivo meus dias de semana, e parei de desejar que eles passem o mais rápido possível. As vezes até espero ansiosamente pela próxima segunda.

Estamos em Maio agora, se passaram três meses em que aproveitei meu trabalho e dei meu melhor para um grande objetivo. Agora MixPrintPaint está aguardando a aprovação da Apple, e meus sentimentos continuam o mesmo. Eu preciso dizer que é muito bom o sentimento que você não está vendendo mais a sua vida.

Realmente espero poder continuar vivendo assim. Não é fácil de modo algum, mas como li em algum lugar “Se algo não te bota medo, provavelmente não vale a pena fazê-lo”.

O que você acha? Você está aproveitando o seu trabalho ou simplesmente vendendo ele? Você mudaria?

Compartilhe

Sabia que nosso blog agora está no Medium? Confira Aqui!