« HE:labs
HE:labs

Make Good Art e Empreendedorismo

Postado por Roberto Morais em 27/05/2013

Eu sou um grande fã de Neil Gaiman, e raramente ouço ou leio alguma coisa dele que não me fascine. Inclusive escrevi um roteiro de curta-metragem inspirado por um de seus contos.

image

Agora estou em uma nova aventura, uma que eu realmente não esperava qualquer ajuda dele, até que me deparei com seu discurso de formatura, “Make Good Art”. Ele novamente me inspirou, e como tenho um blog agora, tinha que escrever sobre isso.

É impressionante como um discurso focado no mundo da arte pode combinar perfeitamente com empreendedorismo. Quando começamos a Felloway, queríamos três coisas: Um ambiente entre amigos, “Fazer coisas que nos motiva e empolga” e “Ter uma jornada extraordinária”. Dois dos nossos três desejos são praticamente citações perfeitas desse discurso. E eu acredito que é um sentimento bem parecido para todos no mundo do empreendedorismo.

Para mim, na essência o discurso de Gaiman é sobre encontrar o que você quer fazer, e continuar fazendo até que você faça bem o suficiente para poder ganhar a vida com isso. Como ele disse, isso é muito mais difícil do que parece. Já é difícil o suficiente encontrar o que você quer fazer, e é ainda mais difícil continuar fazendo isso através de todas as dificuldades. Mas, concordando com ele novamente, eu também acredito que no final é mais fácil do que esperamos. Quando você está nessa jornada, você não sente que está trabalhando, mas sim, em uma aventura assustadora, com uma recompensa incrível no final. Vida. Felicidade.

Nós ainda precisamos comer e pagar nossas contas, mas planejar bem, fazer sacrifícios, e até mesmo ter alguns pequenos desvios no caminho vai nos ajudar a continuar caminhando para esta distante montanha. Basta manter sempre o seu objetivo no horizonte e eu acredito que você não vai se perder.

Nós já escolhemos o nosso caminho, agora estamos criando aplicativos iOS para chegar à montanha. Duas semanas atrás, nós lançamos nosso primeiro aplicativo para iPad, MixPrintPaint, uma ferramenta criativa para as crianças construírem seus próprios livros de colorir. Estamos trabalhando no marketing desde então, e meu sentimento no momento é praticamente “como o de colocar varias mensagens em garrafas, em uma ilha deserta, na esperança de que alguém vai encontrar uma delas e abri-la” Nós ainda não sabemos o que as pessoas pensam sobre o nosso produto, pois as garrafas estão perdidas por aí, mas vamos continuar trabalhando até alguém encontrá-las.

Empreendedorismo, como arte, é sobre cometer erros e continuar trabalhando até que você consiga fazer a coisa certa. Nós não sabíamos o melhor momento para lançar o nosso produto, então decidimos lançá-lo e nos concentrar no marketing depois. E agora descobrimos que alguns sites de avaliação dão prioridade à pré-lançamentos, e que leva algum tempo para ter o seu vídeo promocional aprovado pela Apple. Erros grandes. Muitos mais virão e vamos continuar aprendendo coisas depois do momento ideal, mas estamos trabalhando, estamos indo em direção à montanha e estamos aprendendo as regras enquanto andamos … porque senão teríamos que parar para aprendê-las. Achamos que é melhor cometer esses erros, mesmo grandes. Isso significa que estamos lá fora fazendo alguma coisa.

Vou dizer mais uma vez que é difícil, e que nós não sabemos quando vai dar certo, ou mesmo se vai dar certo. Mas, como Gaiman disse “onde estaria a diversão em fazer algo que você sabia que iria funcionar?”.

Agora, vá. Encontre o seu lugar, faça o seu melhor, melhore o seu melhor, cometa erros e se levante, aprenda com eles e faça um pouco mais. Até chegar à montanha.

Faça bons produtos. Faça um bom trabalho. Faça boa arte! É tudo o que podemos fazer.

O discurso Gaiman inspirou você também? Eu adoraria ouvir sobre isso.

Compartilhe

Sabia que nosso blog agora está no Medium? Confira Aqui!