Assistentes pessoais virtuais: a inteligência artificial aplicada no dia a dia.

Não há quem não valorize uma boa experiência e um ótimo atendimento quando busca por um serviço. Agradar ao consumidor, que está cada vez mais exigente, não é tarefa simples, já que, na era digital, as expectativas são ainda maiores que tempos atrás.

Estamos vivendo em um misto de mundo físico e digital, e a distinção entre ambos, às vezes, acaba ficando um pouco confusa. Ao mesmo tempo que buscam por algo prático, objetivo e até automatizado, as pessoas se sentem atraídas por experiências mais pessoais, em que se sentem acolhidas e até "abraçadas". É a partir de estudos que comprovaram tais experiências que tem crescido a busca de empresas que desejam investir nos Assistentes Pessoais Virtuais.

Como os VPAs facilitam o atendimento ao consumidor

Um assistente pessoal virtual é praticamente um "funcionário" virtual capaz de oferecer suporte e uma experiência única de serviço, muitas vezes até melhor e mais objetivo que um "humano".

Atualmente assistentes pessoais virtuais são capazes de executar tarefas simples e algumas até um pouco complexas, com mais agilidade, precisão e até afeto, garantindo um ótimo atendimento ao consumidor e uma experiência única.

Já há Assistentes Pessoais Virtuais capazes de dialogar com o usuário, responder a questionamentos, sanar dúvidas, ver a previsão do tempo, efetuar ligações, fazer companhia e até pedir um Uber.

No entanto, é importante estabelecer onde os assistentes pessoais virtuais se encaixam e onde podem colher bons resultados e quais tarefas ainda são exclusivamente para os humanos. Para isso, é importante fazer um estudo de cada "negócio", análise de clientes, monitoramento social e dos seus objetivos com relação aos VPAs. Vale lembrar que, quando falamos em mundo digital, não há apenas um caminho correto, mas sim o que melhor se adapta a seu negócio.

Assistentes virtuais substituirão aplicações tradicionais

Segundo Gartner, o número de consumidores que utilizam aplicativos de mensagens e assistentes virtuais pessoais não para de crescer. A pesquisa realizada constatou que 35% dos entrevistados passaram a utilizar os VPAs (Assistentes Pessoais Virtuais) em 2016, 4% acima que o ano de 2015; e, em 2017, esse número deve aumentar ainda mais.

Ainda segundo Gartner, os assistentes pessoais mais utilizados no ano de 2016 foram Siri e o Google Now, entre as funções mais buscadas estiveram a previsão do tempo, a busca por lugares para visitar ou notícias. Porém, os Assistentes Virtuais já vão muito além disso, cada vez mais eles vão substituir aplicações tradicionais que antes só eram possíveis realizar em determinados aplicativos. Hoje já é possível até pedir para que a Siri leia suas mensagens no WhatsApp ou ainda pedir para o Google Now colocar sua música favorita para tocar no Spotify.

Por isso há a necessidade de empresas e marcas buscarem meios de melhorar o serviço oferecido e incorporar tecnologia ao dia a dia e na experiências de seus clientes e consumidores, principalmente sem a necessidade de os clientes terem que baixar um aplicativo para cada serviço ofertado.

Ainda segundo Gartner, os aplicativos de mensagens mais utilizados são o WhatsApp e o Facebook Messenger e, embora eles já sejam atraentes o suficiente para os usuários, é esperado que existam ainda mais recursos adicionados a eles cada vez mais, como os Bots dentro do próprio Facebook, que fornecem a possibilidade de fazer negócio sem sair do aplicativo, etc.

Já foi comprovado que atualmente as pessoas gastam mais tempo em aplicativos de mensagens do que nas próprias redes sociais, e isso é mais que positivo para quem busca investir nos Assistentes Pessoais Virtuais. Os aplicativos de mensagens são o futuro, e os VPAs, provavelmente em um futuro próximo, serão o meio pelo qual os usuários acessarão tais serviços.

Empresas que já estão investindo em VPAs para atrair clientes

Uber

Uber é uma empresa de destaque quando falamos em VPAs. Em uma parceria com o Facebook Messenger, já é possível que o usuário solicite uma corrida por meio do chat dentro do próprio Messenger do Facebook. Além ainda de ser possível também solicitar um Uber a partir da conversa com outros usuários, basta alguém enviar um endereço para que seja possível clicar nele e pedir a corrida.

Pizza Hut

Falando ainda de bots no Facebook, no último dia dos namorados, a rede de pizzarias lançou um desafio para comemorar a data especial por meio de Bots no Messenger do Facebook.

A campanha, que teve duração de 4 dias, consistia em um bot para o Messenger, no qual o consumidor teria que conquistar uma pizza por meio da paquera. O usuário que conseguisse demonstrar seu amor pela Pizza Hut em 4 minutos de "paquera" ganhava um voucher para o #hutdate.

O objetivo da campanha era trazer algo inovador, aproximar-se cada vez mais do mundo digital e da geração Millennial.

Mecasei

A startup de planejamento e organização de casamentos inovou ao investir em uma assistente pessoal virtual que auxiliasse os noivos na organização do próprio casamento.

A Assistente Pessoal Virtual leva o nome de Meeka e se baseia em um App, que utiliza a tecnologia do Watson, da IBM e é capaz de tirar dúvidas dos noivos, responder de forma clara e inteligente sobre inúmeros itens do casamento, auxiliá-los na busca por fornecedores, execução de tarefas e até no orçamento do casal.

HE:labs

Com o objetivo de economizar o tempo de nossos colaboradores e otimizar nossos resultados, criamos o Rubens, nosso próprio assistente pessoal.

O Rubens tem trazido ótimos resultados, respondendo de maneira ágil a dúvidas e questionamentos, que antes eram sanados por algum colaborador da HE:labs. Dessa maneira, o Rubens acaba contribuindo ainda para a produtividade da empresa, já que para algumas tarefas simples, como tirar dúvidas de outros colaboradores, não é mais necessário alguém utilizar seu tempo para executar tal tarefa.

O Rubens ainda consegue realizar ligações pelo Atende Simples, para qualquer pessoa de fora da empresa, o que colabora muito com a praticidade e otimização do tempo, já que somos uma empresa 100% remota.

Essa semana lançamos o Rubens no messenger do Facebook para interagir com nosso público externo.

Os Assistentes Pessoais Virtuais, muito em breve, estarão presentes em todos os segmentos existentes. Portanto, buscar formas de aplicar a inteligência artificial em nosso dia a dia é fundamental para melhorar a interação com os consumidores e melhorar a experiência e interação dos usuários.

Entre em contato com a gente para encontrar o melhor caminho de ter um VPA ou um Chatbot para a sua marca!

HE:labs - Especialista em inserir grandes empresas na nova era digital
Tecnologia para resultados. A solução digital da sua empresa pronta para testar desde a primeira semana, sem riscos.
HE:labs.com

Categorias:

    O que você está esperando?

    Vamos produzir algo espetacular juntos!

    Contrate
    X