RH on-line: a nova era dos processos seletivos

Imprimir currículo e entregá-lo de porta em porta já saiu de moda faz tempo. Hoje em dia, com as facilidades que a tecnologia e o mundo digital proporcionam, os processos de seleção para contratação de profissionais já entraram na era automatizada e estão cada vez mais ágeis.

Procurar vagas na rede, em sites de emprego, é a nova fase. Os bots como são conhecidos sistemas robotizados que varrem a internet em busca de informação, já estão executando tarefas que facilitam a vida de seus usuários.

alt

Um dos maiores sites de carreira do Brasil é o VAGAS, que trabalha com milhões de currículos e mais de 3.000 empresas cadastradas. Há mais de nove milhões de usuários no site VAGAS.com.br e é forte a presença nas mídias sociais do segmento: mais de 1,6 milhão de fãs no Facebook, 800 mil seguidores no Twitter e o maior fórum de discussão no Linkedin, com mais de 750 mil membros.

O portal oferece inúmeras vantagens e vínculos, além de colocar a serviço de seus usuários um robô que inscreve o candidato toda vez que aparece uma oportunidade com seu perfil. É possível receber avisos automáticos quando as empresas abrem vagas que sejam do interesse do candidato, selecionadas por região, área, salário, entre outros fatores, até os ligados ao perfil comportamental.

A robotização dos processos seletivos facilita a vida, tanto de candidatos quanto de empresas, uma vez que ainda há usuários de sites de emprego que desconhecem a melhor forma de alcançar uma oportunidade.

O fator tempo

Segundo os profissionais da área que estão usando os bots de emprego, o principal resultado é a aceleração da contratação, uma vez que os candidatos são inscritos automaticamente em oportunidades todos os dias. Grandes empresas vêm agregando seus produtos aos sistemas de inteligência artificial que ajudam recrutadores a encontrar as melhores pessoas, com mais agilidade e eficiência. Essas inovações mostram que o uso de tecnologia no setor de contratação de pessoas está só começando e promete mudar o perfil do mercado.

Um case de sucesso recente, ligado às contratações nesse formato, é o da empresa Cremer, que tem o processo de seleção de trainees mais disputado no Brasil. Na última seleção foram quase 84 mil inscritos. Para esta geração que precisa interagir o tempo todo, receber uma mensagem de WhatsApp do presidente da empresa avisando sobre a aprovação no recrutamento é o auge do processo seletivo. O auxílio robótico torna o processo de inscrição super-rápido e, em poucos minutos de conversa com a chatbot Vicky, o candidato entra, ou não, na disputa por uma vaga.

alt

Além disso, a empresa usa a inteligência artificial para descobrir qual candidato tem mais a ver com o perfil da vaga, além de apostar na gamificação. Os interessados avisam a Vicky que horas podem jogar e combinam de fazer a rodada com seus amigos. No game, os jovens resolvem desafios de lógica e buscam soluções, trabalhando individual e colaborativamente. Esse tipo de tecnologia ajuda na identificação do perfil que a empresa busca e ainda dá o feedback automático, dizendo quem é mais participativo, colaborativo, entre outras ações que interessam ao contratante.

Os aplicativos que vasculham vagas

O Mr. Joboto faz uma varredura de oportunidades profissionais em sites de vagas e envia, para quem está procurando emprego, um link via Messenger com uma lista do que encontrou, com base no cargo e na cidade selecionados. O chatbot interage e ajuda na busca pelo emprego ideal e é um programa de computador que conversa com os usuários, usados exclusivamente pelo Messenger do Facebook.

O bot vasculha agregadores de vagas conhecidos e mais modernos, como Indeed e CareerJet. Interessante notar que sites como Catho ou Vagas ainda não interagem com esses tipos de sistemas que permitem a conexão com o bot.

Esse é mais um exemplo de encurtamento de tempo e agilização das seleções. Os processos de recrutamento geralmente necessitam de muita energia e organização. Quem é líder ou gestor, sabe que não é fácil receber tantos currículos e organizá-los da melhor forma possível para que sejam analisados, mesmo que sejam recebidos por e-mail.

Por essa razão, com o principal objetivo de agilizar a vida dessas pessoas, a combinação perfeita entre os softwares, bots e a inteligência artificial está tomando conta das etapas dos processos de seleção das empresas.

Para o candidato, o recado fica claro: é melhor se acostumar com os processos seletivos digitais. Já é possível saber, por exemplo, se o participante assistiu, do início ao fim, a um vídeo institucional, que, porventura, esteja na etapa de seleção. A tendência é a de que tudo o que for feito dentro do ambiente digital, seja medido e avaliado pelos recrutadores. Por isso, os candidatos precisam ter compromisso e atenção, assim como já é recomendado nas avaliações presenciais!

alt

Nas etapas on-line, a empresa, geralmente, está de olho na tomada de decisões do candidato e se ele está de acordo com os valores da empresa. Entrevistas por Skype, vídeos com respostas curtas já são utilizados para filtro antes de o interessado fazer a última entrevista presencial.

Esses materiais chegam aos recrutadores por meio de um canal fechado no YouTube ou aplicativos que já fazem automaticamente o envio para o local cadastrado, ou para quem está filtrando esse tipo de mídia.

Os processos estão tão robotizados que hoje já existem startups como a Connekt, que é uma plataforma criada exclusivamente para o processo de atração e seleção. A proposta é ir além do modelo tradicional de recrutamento, e todas as etapas caminham de forma automática, reduzindo o trabalho operacional e mantendo o foco na estratégia e avaliação de candidatos. O principal objetivo é promover redução de custos com contratações, diminuição no tempo de reposição de pessoas, informações gerenciais para promover previsibilidade.

Essas são as inúmeras maneiras que o mercado encontrou para agilizar os processos de seleção e contratação. As possibilidades do uso da tecnologia possibilitam vantagens e ganhos grandes para a empresa e também para o candidato.

Se quiser criar ou aperfeiçoar soluções digitais que auxiliem seus processos de Recursos Humanos, fale com a gente.

HE:labs - Especialista em inserir grandes empresas na nova era digital
Tecnologia para resultados. A solução digital da sua empresa pronta para testar desde a primeira semana, sem riscos.
HE:labs.com

Categorias:

Inovação Recursos Humanos

    O que você está esperando?

    Vamos produzir algo espetacular juntos!

    Contrate
    X